segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Quando o Céu chorou comigo...





Ele se fechou, ficou cinza escuro, parecia bravo carrancudo, mas não....
Ele estava apenas compartilhando a minha dor, tentando me dar as respostas.
Não conseguiu, então comigo o Céu chorou...
Chorou comigo numa rua deserta, chorou comigo no fundo da alma.
O Céu chorou comigo a desesperança, chorou comigo por uma criança que passou
descalça, pedindo pão...
Chorou comigo pelas dores das trevas que se abateram no meu coração.
Chorou tanto, mas tanto que me encharcou de dor.
Eu olhei para o Céu e apenas ele me acompanhou, naquele lamento triste de tristeza
que não passa...
Envolva-me em seu temporal, cubra-me de raios e trovões, abafa o grito que ecoa da minha alma
até que passe essa dor, até que passe....

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir