segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Perdida...



Você não apenas surgiu e me enfeitiçou, arrebatou meu coração, roubou minha paz...
Sequestrou de mansinho o brilho dos meus olhos, levou consigo meu último riso...
Você não apenas dominou minha mente, adentrou de vez nos meus sonhos, eu já não durmo mais...
Você transformou meu coração num mesquinho vendedor de ilusões, transformou minha mente em uma desmiolada compradora de sonhos impossíveis, compradora de ilusões lindas, porém fugazes que se esmaecem aos pouquinhos quando tento tocá-las
Estou perdida...

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir