sábado, 28 de maio de 2011

Os motivos por eu ter amado tanto

As muitas vezes que parei pra pensar nessa tentação que cercou os meus dias a fio, me fizeram acreditar que te queria tanto porque era impossível, era um desafio, eu me via em você.
A dificuldade me dava uma certa sensação de querer...
E eu te queria, queria muito...
Desejava  você desde o primeiro momento do dia até  a hora que eu ia me deitar...
Irreal você quase me convencia que era real...
Tanta luta pra tentar entender, pra tentar me convencer...
Quase enlouqueci por não poder conter esse desejo, que gritava dentro de mim te querendo.
Fiz amor com as tuas palavras...
Me entreguei a você sem que ao menos você me tocasse.
Fugi, corri atrás de novos horizontes, tentei te esquecer.
Voltei atrás, te procurei por várias vezes.
Percebi que sua presença era apenas pra me confundir.
Você não me deixava eu te perder de vista pra que meu sofrimento não acabasse.
Cheguei a pensar que te satisfazia me machucar.
Amei tanto...como se você fosse real.
Era como se fosse um quebra-cabeça, me faltavam as peças  e me dava mais vontade de montar.
E eu custei muito pra perceber que a peça que estava faltando havia se perdido.
Eu jamais conseguiria completar, você é incompleto...
Você é como uma nuvem, que não se pode tocar nem sentir.
É uma história que eu não vou poder contar, porque não conheci o personagem principal dela.
É uma página virada, que nem chegou a ser escrita, porque os  motivos por eu ter te amado tanto... eu não consegui até hoje decifrar

4 comentários:

  1. É impossivel decifrar as razões, os motivos e os fatores que nos leva a amar tanto alguém. Um grande abraço minha querida.

    ResponderExcluir
  2. Ter a capacidade de Amar alguém, já é um grande dom...Abração Amiga!!!

    ResponderExcluir